Recentemente me perguntaram qual técnica as pessoas têm usado para publicar o resumo de mensagens da igreja na legenda das fotos nas redes sociais (Facebook, Instagram, Twitter etc).

No início pode parecer difícil, mas, o que vai te ajudar é a prática. Eu sigo o estilo de Pirâmide Invertida do jornalismo, sempre inserindo a referência bíblica e aspas (que são um trecho da fala do preletor). Nesse método, você fala o que é mais importante primeiro e o que é menos relevante depois. Existem vídeos no YouTube e alguns posts na Internet sobre essa técnica.

Entretanto, pelo que tenho lido nos canais de algumas igrejas, ministérios, bandas e influencers, as pessoas fazem resumos simples. Pegam a essência da mensagem (pregação), referências bíblicas e “aspas”, que são frases que o preletor fala ao longo do culto. De toda forma, outra coisa que pode te ajudar é ao final do culto perguntar ao preletor qual a principal mensagem ele gostaria de passar com a pregação.

Outra maneira de absorver o conteúdo e transformá-lo em legendas para as postagens no Instagram, Facebook ou Twitter é anotar os principais pontos da mensagem do culto. Enquanto anoto, organizo as ideias e o que vou priorizar na hora de publicar. Por ter captado a ideia que o pastor passou, geralmente ao final já tenho o parágrafo que vou publicar no Instagram, o texto base e pelo menos uma frase marcante.

Como não precisamos postar “correndo” nas redes sociais, é melhor um post bem escrito do que um post mal feito escrito com pressa.

P.S.: Essa dica também vale para uma palestra ou evento que esteja cobrindo. Ao anotar os principais pontos de uma mensagem você consegue desdobrar em legendas para fotos diversas. =)

Sobre a autora

Elis Amâncio é jornalista, especialista em digital e head de Marketing da Hitbel. Trabalha há 12 anos em comunicação no meio cristão. É autora dos livros Mídias Sociais na Igreja e Comunicando o Reino.

Receba as melhores dicas de comunicação e gestão direto no seu e-mail