Peças para Facebook, Whatsapp, eventos, papelaria interna e mais e mais demandas surgem para o time de comunicação da igreja de hora em hora. Cada dia que passa esse cenário se instala nas igrejas e sem uma boa gestão disso tudo, a chance das demandas se confundirem é enorme.

Hoje é impossível fazer a gestão de comunicação de uma igreja sem ter metodologias assertivas, um bom planejamento, processos bem estabelecidos e ferramentas que te apoiem na rotina que, muitas vezes, é acelerada e com maior volume do que muita agência de publicidade e comunicação por aí. Para ter o impacto desejado, as igrejas estão produzindo volumes cada vez maiores de peças e campanhas e, sem apoio, a turma de comunicação não dá conta do recado.

Então, vamos elencar aqui algumas dicas de ferramentas e processos que podem te ajudar muito na gestão, controle, comunicação e automatização dos processos. E, claro, vamos começar falando um pouco da plataforma da InChurch que você pode conhecer melhor clicando aqui.

  1. Plataforma InChurch
    App, site, totem de autoatendimento, gestão de grupos, gestão de eventos, doações, transmissão ao vivo, multiplicador de sinal de transmissão tudo em um sistema apenas. Você pode gerir seus conteúdos e informações de membresia de forma única, inteligente e integrada. É isso que a solução da Inchurch oferece para as igrejas, já tendo em sua carteira de clientes mais de 5000 igrejas pelo Brasil. Imagine-se não precisando criar e inserir múltiplos conteúdos e em múltiplas plataforma. Você, com certeza, gastará melhor seu tempo criando e pensando sua missão.

  2. Trello.com
    O Trello é uma ferramenta de gestão de atividades e comunicação de equipes muito eficiente para igrejas. Além de gratuito até um limite de atividade, ele auxilia na visibilidade de breias e projetos, integra toda sua equipe no processo de produção de uma atividade e, ainda, te ajuda a armazenar arquivos finais. Vale conferir em trello.com.

  3. Creative Cloud
    Creative Cloud é a plataforma de gerenciamento de software online da Adobe. É nele que você encontrará a possibilidade de compra de pacotes e planos para acessar Photoshop, Illustrator, Premier, Lightroom, InDesign, Audition e muito mais. É a ferramenta mais poderoso e segura para uma equipe de produção e criação e um investimento que, para estar “legal”, sua igreja precisa fazer. Há muitas possibilidades de planos, valores e perfis de acesso e, atualmente, está muito mais acessível.

  4. Slack
    O Slack é um espaço de colaboração que pode substituir o e-mail, ajudando você e a sua equipe a trabalharem juntos. Ele foi desenvolvido para se adaptar ao trabalho em equipe, assim você pode colaborar com outras pessoas online de maneira tão eficiente quanto se estivessem todos no mesmo lugar. Você consegue, nele, organizar conversa, fazer ligações, pesquisar histórico de uma atividade e conectar aplicativos. Vale testar.

  5. Ferramentas de gestão de redes sociais
    Neste segmento, há uma série de ferramentas que auxiliam “content managers” na gestão de redes sociais. Sprout Social, Hootsuite, Buffer, Mlabs, Cyfe, HowSociaBle e muitas outras podem te oferecer serviços de programação de post, interação e resposta de mensagens, monitoramento de concorrência, relatórios e muito mais. A questão é buscar a que melhor te atenda, com melhor preço! Sobre ter ou não ter, não há duvida: você precisa de uma si

  6. Storage de arquivos
    Parece incrível, mas muitas igrejas ainda não tem um servidor ou um Storage virtual para guardar e compartilhar sua produção de conteúdos, fotos, vídeos e etc. Pois é, mas é verdade. Há uma série de boas opções no mercado e você precisa ir atrás de uma delas caso ainda não tenha o seu Storage na igreja. Dropbox, Google Drive e Amazon são boas opções e, talvez, as mais intuitivas para o uso do dia-a-dia e permitem o acesso de múltiplos usuários. Vale a pena.
fale com especialista
Deixe uma resposta