05 dicas incríveis para montar seu time de comunicação.

Como montar seu time de comunicação?

Para montar seu time de comunicação é necessário garantir a clareza e inegavelmente o entendimento com o público interno e externo.

Quando a igreja decide começar o ministério de Comunicação, é preciso ficar atento em alguns pontos para compor seu time.

Inegavelmente, o ministério tem diversas funções, tanto internas quanto externas.

Assim, vamos as funções internas: Com a missão de divulgação das atividades da igreja e impressão de todo material (seja para evento, evangelismo, congressos…)

Agora, as função externas, certamente contamos com as redes sociais para comunicar a realidade da igreja e qualquer maneira de divulgação que vai impactar as pessoas que ainda não são membros.

Logo, vemos que a Comunicação é um ministério que vai além e consegue impactar vidas dentro e fora da igreja.

1.Identificar pessoas

Existem pontos que precisam ser abordados na escolha dos voluntários.

O primeiro, que considero mais importante, é a escolha de alguém com o coração ensinável.

Mais importante do que saber sobre Comunicação, é se colocar disponível para servir e ajudar o ministério. Como diz o ditado ‘ser pau pra toda obra’.

Certamente, é relevante que a pessoa tenha conhecimento na área, e de fato, ajuda muito quando a técnica se mistura com o coração ensinável.

Existem diversas áreas para o Ministério da Comunicação.

Áreas do Ministério

Fotografia: Essa área é bem específica, o melhor (e a dica) é procurar alguém que entende de fotografia e esteja disponível para servir.

Ou de repente, fazer um workshop e ensinar outras pessoas.

Caso, não tenha essa pessoa na sua igreja.

Procure quem quer servir e se interesse por fotografia, para encontrar cursos que o ajude à se desenvolver.

Redação e Redes Sociais: Coloquei essas duas categorias juntas, pois acaba sendo mais fácil de encontrar esses voluntários.

Encontrar alguém que goste de escrever e que seja antenado nas redes sociais.

Normalmente, essa área é formada por jovens.

E recomendamos que seja, pois existe uma linguagem específica, que precisa ser levada em consideração na hora de fazer a publicação.

Vídeo: Hoje em dia, existem vários vídeos no youtube dando dicas valiosas para implementar na sua igreja.

Transmissão: Esse ponto, depende da realidade da sua denominação.

Alcance pessoas com a Transmissão ao vivo.

Conforme sabemos, os aparelhos tem um alto custo e essa área é a mais complicada de se encontrar, dentre os membros da igreja.

Portanto, é área que precisa de alguém que entenda de TI.

Logo, é necessário saber com os membros, quem seria um voluntário para ajudar a Comunicação.

A Transmissão pode ser para vídeo de youtube, lives e até mesmo Webinar.

2. Sonhar juntos

Inegavelmente, é importante que o líder da Comunicação estimule pessoas para chegar junto e compartilhar os sonhos com os voluntários.

Por isso, vale formar pessoas disponíveis e sedentas por aprendizado.

Contudo, o estímulo é importante, o Ministério de Comunicação por muito tempo foi considerado o ministério faz-tudo.

Embora, hoje é essencial entender que faz parte do evangelismo da igreja.

3. Planejamento

Com o propósito de montar um time de comunicação, o planejamento é de suma importância.

Primeiramente, ALINHAR A VISÃO do pastor com o ministério. Não adianta desenvolver estratégias sem o alinhamento com a liderança.

Ou seja, dessa maneira, é essencial saber qual o objetivo da sua igreja na Internet. Divulgar cultos e eventos? Evangelismo? Ser o refrigério para o angustiado?

Mapear o que será postado durante a semana é uma ótima maneira de começar a se organizar.

Sobretudo, pensar nas atividades da igreja, para postar devocionais, vídeos do culto, testemunhos, tirar dúvidas dos membros e por aí vai…

A princípio, um bom planejamento claro. Isso irá servir como direção para todos.

4. Definir objetivos

A fim de ver qual a visão da igreja e entender o real motivo de fazer parte das redes sociais. Comece a fazer um trabalho em equipe.

Acima de tudo, a comunicação é mais do que estar onde todos estão.

Se sua igreja é composta de gente mais idosa, a comunicação será com boletins, devocionais, materiais de estudo e assim será sua vertente da comunicação.

Se for composta de jovens, provavelmente sua igreja estará nas redes sociais e vai investir na produção de qualidade para atraí-los.

Caso, tenha os dois públicos, é necessário elaborar uma estratégia para alcançá-los

5. Voluntários são voluntários.

Com as pessoas disponíveis para servir, objetivo e planejamento, por fim, é a hora de delegar.

Apesar de que, delegar pode ser uma missão difícil para alguns líderes, mas que vai fazer a diferença na qualidade de seu ministério.

Para cada área dentro da comunicação, coloque alguém responsável.

Além do Ministério ficar mais organizado, os voluntários precisam se sentir parte do processo de criação e desenvolvimento.

Então, é necessário impulsionar os responsáveis a criar uma rotina de produção de conteúdo (isso serve, para todas as áreas).

Afinal, toda semana é preciso gastar tempo e se dedicar para produzir.

Com a escala de voluntários, aprenda a respeitar o tempo de cada um ao realizar o trabalho, cada pessoa tem seu jeito de executar a tarefa.

Por fim, discipule. Mais importante do que o servir é a pessoa por trás do servo.

O caráter transformado é mais importante do que a habilidade.

Dê oportunidade para aquele membro empolgado e cheio de ideia, certamente, a sede que ele tem em fazer bem feito é essencial.

Jamais se esqueça que o objetivo PRINCIPAL é comunicar o Reino.

O que NÃO fazer.

  • Postar 5 vezes por dia.
  • Não demore para dar o feedback.
  • Não monopolize as falas, vocês são um time. Sempre fale ‘Nós vamos conseguir‘ ou ‘Somos capazes‘.
Fale com nosso especialista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *