Novas tecnologias: sua igreja está atenta à elas?

Se você quer disseminar o evangelho e fortalecer a visão e missão da sua igreja, você precisa investir em comunicação e tecnologia. Em constante processo de evolução, as formas de se relacionar e levar informação exigem que estejamos sempre atentos às mudanças e novas tecnologias.

Tradicionais, o boletim impresso, o mural de eventos e os panfletos não foram excluídos e são estratégias comuns de comunicação e organização nas igrejas. Porém, vivemos uma era digital, em que a vida sem um smartphone é praticamente inviável. Adolescentes, jovens e adultos passam horas conectados e, por meio do celular, fazem tudo e mais um pouco, como organizar viagens, assistir filmes, séries, jornais, pedir comida, comprar ingressos e fazer compras no supermercado, pagar contas e até ler a Bíblia. É a vida na versão online!

São 4.021 bilhões de usuários ativos de internet, sendo o tráfico na web pelo celular de 3.722 bilhões. Observe a importância de se comunicar através dos app para smartphones: 52% dos usuários ativos utilizam a internet pelo celular, 43% pelo PC ou notebook, 4% via tablet e 0.14% através de outros dispositivos. Esses dados são do relatório global da Kepios e da Hootsuite sobre utilização da internet, redes sociais e celulares em 239 países.

O Brasil é o terceiro país mais conectado, ficando online em média 9h14 todos os dias. Ou seja, se você quer ter uma comunicação eficaz, dinâmica e direta com os membros e visitantes da sua igreja, invista em tecnologia. Comunicação e tecnologia caminham juntas. E sim, são muitas ferramentas, do telão para transmissão de avisos e referências bíblicas, ao site, totens, transmissões ao vivo, web tv, app da sua igreja, entre outras.

Você pode pensar que realizar tudo isso demandará muito tempo, além de uma equipe grande, mas não é bem assim. Se você trabalhar com uma plataforma que funcione de forma integrada — ou seja, que tenha um único painel de controle —, otimizará o tempo da sua equipe e terá uma comunicação eficaz, dinâmica e direta.

O apóstolo Paulo utilizou os recursos disponíveis à época para alcançar as pessoas com a Palavra de Deus, suas cartas escritas e a palavra falada. Chegou a vez da sua igreja utilizar todas as ferramentas disponíveis atualmente para disseminar o evangelho.

novas tecnologias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *