Estudos afirmam que Aplicativos aumentam a leitura da Bíblia

Pesquisa realizada pelo Centro de Investigação de Teologia Digital da Universidade de Durham –  Inglaterra, quer mostrar como os Aplicativos (Apps) de Bíblia influenciam os jovens entre 18 e 35 anos de idade. A Sociedade Bíblica Americana e o Grupo Barna, também publicaram uma pesquisa sobre os hábitos de leitura da Bíblia e mostraram que menos de 40% dos Cristãos praticantes leem frequentemente o texto sagrado. 

Este novo levantamento da Durham, quer mostrar especificamente como os aplicativos estão ou não, substituindo a leitura das bíblias “offlines”, ou impressas.

Essa nova geração, estatisticamente está abandonando a igreja com uma frequência preocupante, mas mesmo assim, a pesquisa mostra que aqueles que permanecem, são mais ativos que seus Pais. 96% – dos entrevistados acreditam que a Bíblia é completa e fonte de uma vida mais feliz e com propósito e 55% acham que a ler a palavra de Deus é mais importante do que ir à igreja.

Os avanços da tecnologia estão influenciando a maneira de ler a bíblia, até mesmo o formato de leitura estão dando lugar aos “audiosbooks” e imagens em uma geração que é bombardeada por conteúdos e mensagens.

A digitalização da Bíblia nos aplicativos, cumpre a mudança no comportamento. Os Smartphones já são um novo componente em nosso corpo, de acesso fácil e a um clique. A plataforma inchurch permite por exemplo, ter a bíblia dentro do aplicativo da Igreja. Existem aplicativos com diversas versões da bíblia, o mais popular é o Youversion, que possui 250 milhões de usuários.

Dados da pesquisa, também mostram que  51% preferem ler a Bíblia por aplicativos. E 1/4 afirmam que passaram a ler com mais frequência após instalarem em seus smartphones.

 

1 comentário Adicione o seu

  1. César disse:

    Parabéns pela iniciativa, esse artigo ajudará muitas pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *